terça-feira, 28 de setembro de 2010

Mais Uma Vez a Felicidade

Lamento se me estou a tornar repetitiva mas a culpa é dos blogs que me servem de inspiração...

Eu juro... juro que à medida que o tempo vai passando começo a recear as pessoas... principalmente aquelas que desenvolvem uma visível obsessão pela felicidade... ou melhor, pela necessidade obsessiva de a provar aos outros...

Eu sou feliz, o meu gato é feliz, o meu cão é feliz, o meu periquito é feliz, a minha iguana é feliz... ou então... eu sou a melhor do mundo e tenho o melhor gato do mundo, o melhor cão do mundo, o melhor periquito do mundo e a melhor iguana do mundo. Irra...

Eu imagino que a obsessão destas pessoas um dia vai chegar ao ponto, em que possuídas pela sua loucura, correrão pela casa vazia de punhos cerrados a esmurrar as paredes enquanto gritarão incessantemente EU SOU FELIZ, EU SOU FELIZ, EU SOU FELIZ... porque já nada será suficiente para elas próprias se convencerem que não são mais felizes ou infelizes... são apenas comuns, simples e banais mortais.

11 comentários:

Anónimo disse...

Por acaso já mete nojo, tanta necessidade de apregoar que é feliz... Será que é mesmo? Ela parece que só pensa nisso e quem é realmente feliz, nem tempo tem para estar sp a pensar nisso, quanto mais a falar disso aos outros

Anónimo disse...

É verdade. Eu gostava do blog dela até começarem os tiques de superioridade e mais recentemente o comportamento obsessivo-compulsivo com a felicidade.
Dá sinais que anda um bocado eufórica o que pode ter a ver com a morte da irmã.

Anónimo disse...

Quem é feliz não anda a escrever nos blogues que o é. Ela tem uma necessidade de exibicionismo que não é compatível com a tranquilidade que uma pessoa feliz alcança. Ela é neurótica quanto a mim, falha ali qualquer coisa, eu aposto que foi excessivamente controlada pelos pais do género "não te dás com A nem B" , "não queiras ser como as outras doidas", "olha que o dinheiro é muito importante, faz um bom casamento que o resto vem depois". etc etc etc

Anónimo disse...

uma pessoa feliz não sente necessidade de o expor! nao percebo

Anónimo disse...

Eu o que acho graça é ela achar que é uma abençoada pela familia que tem ou diz ter. deve pensar que deve ter exclusivida nao sei.

Cris disse...

Irrita, é verdade!
Já parei de seguir e tudo.
Mas mete-me mais nervos, aquelas bloggers que conseguem ter muitos comentários controversos e lhes ganham o gosto, como a do Perturbaçoes de (Hu)amor.
Depois de meter nojo uma vez, foi sempre a "andar".
Deus me livre. -.-'
Até já parei de seguir, também.
Irritou-me profundamente, claro está. Com o texto sobre as gordinhas e depois ainda se ter feito de vítima. De coitadinha não tem nada. -.-'

wishes and thoughts disse...

Concordo que haja alguma "necessidade" de apregoar tal felicidade (quem sabe se para contagiar as pessoas que lá passam), mas a verdade é que o blog é um espaço pessoal onde cada um escreve o que quer e como quer.
Cabe a quem está do outro lado (eu por exemplo) seguir ou não!


Kiss kiss

Rafaela disse...

mas estão a falar de quem? não é da miss glitering? há mais? digam lá.

Anónimo disse...

não rafaela do blog eu tu e os meus sapatos.

Ana disse...

Essa Me mete-me medo. Agora anda a dizer que ela e a família dela, são as melhores, que não há igual, então que fique lá com a família dela. Mulher mais maluca!!!

Cris disse...

Este comentário trouxe-me um(a) hatter!
Que queriiiiidas que são estas pessoas. *.*
E sabem criticar educadamente e tudo, eu fiquei surpreendidíssima. :D