quarta-feira, 19 de maio de 2010

Alguém não sabe fazer contas...

... e estou em crer que não sou eu...

Analisando apenas o primeiro semestre de 2008.

Nº de funcionários públicos a 1 de Janeiro de 2008: 529.363
Nº de funcionários públicos a 30 de Junho de 2008: 531.740
Nº de funcionários públicos que se reformaram neste período: 11.610

Isto é um erro de cálculo ou uma mentira sobre as regras de admissão à função pública? O Dr. Vítor Constâncio não é um economista em quem eu confio cegamente, mas acho que tenho que lhe dar razão quando ele diz que a redução não é assim tão efectiva.

10 comentários:

Anónimo disse...

mais outra a querer lixar a função publica. dever querer tambem é o puleiro. pulhas! é o que vocês são todos! vam mas é trabalhar!

Anónimo disse...

olha m'esta a funcionariazinha das finanças que nao faz nenhume ainda refila...é preciso ter LATA
FUNCIONARIO PUBLICO = PARASITA DA SOCIEDADE

Anónimo disse...

pela forma como escreves dá logo para percebem quem és tu... já vi que andas aqui na mesma mas como anónima. Afinal és igual aos outros anónimos todos, aqueles que criticavas.
fica sabendo que tenho muito orgulho em trabalhar na funçao publica, tenho muito brio nisso, qualquer pessoa percebe que maus profissionais há em todo lado, na vossa profissao certamente tambem há. é penaé toda a gente olhar para nós como uma purga quando o nosso problema é organizacional.
E da próxima vez que te dirigires a alguem como funcionariazinha. lembra-te que a funcionariazinha pode ter o mesmo curso que tu e até a mesma profissão, com a unica diferença de que trabalha para o estado. mas nao vale a pena estar a perder tempo a explicar-te estas coisas não é FUSCHIA?

Anónimo disse...

Oh funcionariazinha sim...eu nao sou FUSHIA, o meu nome é Rita, tenho nome. Muito prazer. Provavelmente já saiu porque os funcionáriozinhos "despegam" cedo do serviço, passam 3 horinhas em pausas prá "bica" e ainda fazem greves porque querem aumentos - queridos para o que fazem estão muito bem pagos!!!
É por causa de vocês, que este país não anda pra frente.

Anónimo disse...

Não vale a pena te dizer seja o que for... e se não és a própria deves ser um clone.
E olha "queridinha" eu nunca escrevi que era mal paga, por acaso não me queixo nada, mas nada mesmo!!!

Anónimo disse...

A fuschia não conseguia escrever isto nem fazer estas contas... além disso, ninguém escreve com erros num blog e dps quase sem erros noutro (é ler um e ler o outro para ver as diferenças).

Anónimo disse...

Eu estou a falar dos comentários deste post nao estou a falar do autor do blog. quem está a escrever estes comentários é que só pode ser a fuschia que dizia que nunca mais cá vinha! Afnal vem! Como anonimo.

Anónimo disse...

De facto, lendo os comentários, é capaz de ser...

Anónimo disse...

Na realidade, na prática, na funçõ pública nunca há redução de pessoal, a não ser que sejam despedidos, o que rara, rara, raramente acontece. Quando são reformados o Estado continua a pagar-lhes tudinho, por isso, a única coisa que faz reduzir é quando esticam o pezinho.

Não é bom ser funcionário público? Claro que é! (os meus sentimentos para aqueles que trabalhando no público, têm contratos diferentes dos colegas mais velhos. heheheh)

Anónimo disse...

ser a FUSCHIA ou não ser ??? eis a questão....Ahahahhahah